A Guarda Municipal de Encruzilhada Reivindica melhorias para desempenhar um bom trabalho

O Município de Encruzilhada hoje tem 32 GMS efetivos sem preparo para fazer segurança, as GMS são preparadas para prevenção de delitos, fazer a Honda escolar estando presente nas porta das escolas fazendo palestras e se interagir no meio social com a comunidade.

A principal função da Guarda Municipal é contribuir para a segurança das pessoas, através do exercício de suas atividades constitucionais, visando o respeito aos direitos das pessoas e o exercício da cidadania. A guarda atua desarmada, pois não tem como objetivo combater o crime, função que compete à polícia. Neste sentido, deve agir como instituição parceira das polícias civil e militar, contribuindo e facilitando as ações das duas corporações. Os profissionais têm que ser capacitados para agir em nome da municipalidade, prestando esclarecimentos e informações aos cidadãos.

De acordo com um representante da categoria, as condições da Guarda Municipal de Encruzilhada são lamentáveis, não recebem seus vencimentos em dia, décimo terceiro, falta fardamento, curso de formação, condições de trabalho e adicional de periculosidade conforme Estatuto do Servidor Municipal Subseção IV Artigo 70,71 e 72 garante.

O trabalho da guarda é de extrema importância para qualquer município uma vez que ela tem o dever de exercer a guarda interna e externa sobre os bens móveis e imóveis, serviços e instalações, tais como: parques, jardins, escolas, teatros, museus, bibliotecas, feiras livres e outros de domínio público do município, no sentido de: protege-los dos crimes contra o patrimônio; orientar o público e o trânsito de veículos em situações especiais; prevenir a ocorrência, internamente, de qualquer ilícito penal; controlar a entrada e saída de veículos; prevenir sinistros, atos de vandalismo e danos ao patrimônio público.
Promover a vigilância das áreas de preservação do patrimônio natural e cultural do município, bem como preservar mananciais e a defesa da fauna e da flora.
Garantir os serviços de responsabilidade do município, e bem assim, sua ação fiscalizadora no desempenho da atividade de guarda municipal, nos termos das Constituição Federal e Estadual e da Lei Orgânica do Município.
Não somos contra a GM portar arma de fogo, mas o município de Encruzilhada não carece desse tipo de arma, mas sim de capacitação. Isso depende somente do poder publico municipal.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: