A Semana entrevista Elve Cardoso

Do Blog do Anderson

image Divorciado, 44 anos, Elve Cardoso é filho do ex-vereador Oriosvaldo Pontes. É médico ortopedista, legista e especialista em medicina legal, além de Bacharel em direito aprovado na prova da OAB. Foi diretor médico da Santa Casa de Misericórdia de Vitória da Conquista, onde, atualmente, ocupa a função de médico ortopedista. Ministrou aulas na Academia de Policia Civil do Estado da Bahia (Acadepol) como professor de Medicina Legal e na Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC/Vitória da Conquista). Trabalhou, ainda, nos municípios de Planalto, Poções, Ribeirão do Largo, Encruzilhada e Belo Campo como ortopedista. Dr. Elve se candidata pela primeira vez ao cargo de deputado federal.

Jornal A Semana – Por que o senhor deseja ocupar uma cadeira na Câmara Federal?

Elve Cardoso – Para que possamos contribuir com as nossas ideias para a formação de um pensamento desenvolvimentista para o Sudoeste da Bahia especialmente os municípios de Vitoria da Conquista, Planalto, Poções, Caetanos, Bom Jesus da Serra, Mirante, Anagé, Caraíbas, Belo Campo, Tremedal, Piripá, Cordeiros, Condeúba, Mortugaba, Cândido Sales, Encruzilhada, Ribeirão do Largo, Itambé, Itapetinga, Caatiba e Barra do Choça, que se encontram carentes de investimentos públicos capazes de transformar nossa realidade. Acreditamos que a renovação dos quadros políticos pode transformar a prática hodierna, centrada no assistencialismo.

AS – Como o senhor acha que pode contribuir com a implantação de políticas públicas nas áreas de educação e saúde na Bahia?

EC – Fiscalizando a aplicação dos recursos constitucionais já existentes que garantem percentuais mínimos para investimentos nessas áreas, lutar para a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional, a já famosa PEC-29, que amplia e garante recursos exclusivos para a atenção a saúde. Além disso, nosso mandato lutará para a implantação de uma Universidade Federal Regional para o Sudoeste da Bahia com campi em Vitória da Conquista, Poções, Brumado, Itapetinga e unidades em outros municípios da nossa região. Na área da saúde defenderemos a implantação de um Hospital Universitário que possa dar suporte aos inúmeros cursos superiores da área aqui já existentes. Nosso mandato defenderá também o Sistema Único de Saúde, por entender ser uma conquista de todo o povo brasileiro e um exemplo para o mundo de universalização das ações de saúde.

AS – A Bahia tem hoje um agravamento nas questões relativas à segurança pública. De que forma o legislativo pode contribuir para que esse problema seja resolvido?

EC – O Legislativo Federal detém a exclusividade constitucional para fazer as leis que regem o processo penal e conseqüentemente é quem mais pode contribuir para as políticas de segurança publica. Defendemos uma ampla reforma do Código Penal, já obsoleto, de vez que editado em 7 de dezembro de 1940, não mais traduz o dinamismo e crescimento da sociedade brasileira, necessária se faz a introdução de novas normas, mais céleres, capazes de inibir o pensamento dominante acerca da impunidade. Por outra ótica entendemos também que segurança pública se faz basicamente com medidas preventivas, neste diapasão nosso mandato defenderá políticas de inclusão social, lazer e esportes, e, principalmente, crescimento econômico de maneira a reduzir a brutal desigualdade existente na distribuição de renda do nosso Brasil.

AS – Vitória da Conquista tem uma população superior a 310 mil habitantes, cerca de 205.600 eleitores, mas a representação política do município na Câmara dos Deputados e na Assembléia Legislativa do Estado ainda é muito pequena. Na opinião do senhor, isso se deve ao que?

EC – Ao afastamento da vida política de setores importantes da nossa comunidade, o que levou à estagnação do quadro político representativo em nossa cidade. Vitória da Conquista de há muito deixou de ser liderança política da nossa região, lidera na economia com a força da iniciativa privada, mas, deixou de olhar para os municípios do seu entorno, permitindo que políticos de outras regiões da Bahia para aqui migrassem apenas em busca dos nossos votos, descomprometidos que são de apresentar e indicar caminhos e projetos que nos desenvolvam.

AS – Qual a sua expectativa com relação às eleições deste ano para presidente da República, Governo do Estado e, principalmente, para a sua eleição?

EC – Nossa expectativa é que a população brasileira vote com consciência, respeito cívico, repudiando aqueles políticos que se servem do mandato apenas para atender aos próprios anseios. Confiamos que serão eleitos os melhores nomes para nos representar, na Presidência da Republica acreditamos que o povo brasileiro continuará confiando nas conquistas do governo Lula, elegendo a companheira Dilma. No Governo de Estado, a Bahia saberá fazer justiça ao grande trabalho já realizado, reconduzindo o Governador Jaques Wagner. Quanto à minha eleição confio no povo de todo o sudoeste que com o seu voto me outorgará o mandato de Deputado Federal, que prometo honrar e realizar dignamente a representação popular.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: