NA TV: Vereadora de Encruzilhada acusada de adoção ilegal se entregou à polícia

Os Programas: Aratu Noticia e  Que Venha o Povo noticiaram hoje 6 de Janeiro  o caso Bete.

A vereadora de Encruzilhada, acusada de vender recém-nascidos no interior do estado, se entregou a polícia. Maria Elisabete de Abreu Rosa  do (PRP)  estava foragida e já tinha a prisão preventiva solicitada pelo Ministério Público Estadual.

A vereadora é acusada de aliciar mães no distrito de Vila do Café,  na zona rural do município, há 636 km de Salvador. O caso foi denunciado através do programa Conexão Repórter,  exibido no SBT, no dia 24 de maio de 2010. O esquema funcionava da seguinte forma: a vereadora Maria Elisabete oferecia recompensa as gestantes que entregassem as crianças recém-nascidas através de adoções ilegais.

Para convencer as famílias, a vereadora chegava a pagar de 100 até 400 reais por um bebê. Em depoimento Maria Elisabete confirmou participação na venda de pelo menos três crianças. Indiciada por adoção ilegal de crianças, a vereadora está presa na delegacia da cidade.

Informações: ARATU Online

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: