Menina de 1 ano perde dedo da mão ao retirar esparadrapo em hospital

A auxiliar de enfermagem que atendeu uma menina de 1 ano e decepou a ponta de um dos dedos da mão dela ao retirar um curativo no Hospital Geral do Mandaqui, na Zona Norte de São Paulo, no ultimo domingo, é investigada pela polícia por lesão corporal culposa. A unidade de saúde já afastou a profissional por tempo indeterminado.

O pai da criança,  David Jefferson Bahia Príncipe,  disse que Tifanny tinha recebido alta e estava pronta para ir para casa depois de um tratamento contra uma anemia. A menina tinha apenas que retirar o esparadrapo que tinha sido colocado para receber o soro em sua mão. Segundo o David, a mulher retirou o curativo com uma tesoura e quando forçou cortou o dedo da filha.

Em depoimento à Polícia A profissional afirmou que foi necessário usar a tesoura porque tinha dificuldade para tirar o esparadrapo. Ela explicou ainda que não percebeu que cortou parte do dedo da criança.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: