Ossada de Antônio Evaldo (Toni do Bolsa Família) encontrada em Teófilo Otoni MG

image A ossada de Antônio Evaldo Rodrigues Freire (conhecido no município de Encruzilhada como Tony do Bolsa Família) foi encontrada por funcionários de uma empresa de topografia que trabalhavam nas proximidades do posto Teófilo Otoni, na BR 116. Os homens acionaram as Polícias Civil e Militar. 

O capitão Dantas contou sobre as primeiras investigações feitas ainda no local. O militar acredita que o empresário tenha praticado auto-extermínio, mas somente exames realizados pela perícia técnica podem confirmar a causa da morte. De acordo com ele o corpo não seria achado facilmente se não fosse os topógrafos, devido ao lugar isolado em que estava. “É um local de difícil acesso e se não fosse o trabalho dos topógrafos, provavelmente esse corpo permaneceria aqui por muito mais tempo. Inicialmente quem o encontrou foi um topógrafo da equipe”, completa o militar.

Identificação
A polícia informou que a identificação da vítima foi imediata, pois os documentos foram encontrados ao lado da ossada humana. Além da carteira de identidade foram localizados uma faca, um revólver de calibre 38 municiado, mochila com roupas e garrafas de água jogados no chão.

De acordo com o funcionário do Instituto Médico Legal (IML), Amilton Ferreira, o cadáver pertence a Antônio Evaldo Rodrigues Freire, 35.  Ele relatou ainda que a vítima nasceu na cidade de Cariri (CE) e que todos os pertences encontrados foram reconhecidos pela esposa de Antônio Evaldo. “Entre os pertences encontramos uma carteira de bolso, um revólver calibre 38 e uma faca. Consta na delegacia um boletim de ocorrência de desaparecimento da vítima feito a pedido da esposa. Segundo ela, o último contato feito com o marido aconteceu no dia 04 de janeiro (terça-feira) e deste dia em diante não houve notícias dele. A esposa disse que está chocada com a situação, e que o marido não tinha motivos para por fim na própria vida”, conta ele. 

Investigação
O detetive Sandemberg Pereira (‘Bel’) informou que o caso será apurado. Conforme ele há suspeitas que a morte seja auto-extermínio. “A partir de indícios encontrados no local pudemos observar que a morte pode se tratar de auto-extermínio, mas não vamos descartar outras possibilidades. A hipótese mais provável é que seja suicídio tendo em vista que foi encontrado próximo aos restos mortais um revólver calibre 38 municiado com seis cartuchos, porém, um deflagrado. A gente encontrou no cano do revólver resíduos de sangue. E a dentição está quebrada. Assim, a morte pode ter sido provocada com um tiro na boca”, ressalta o policial civil.

Pereira contou que a motivação da morte é desconhecida. Há apenas a informação de que Antônio Evaldo e a esposa enfrentavam problemas. “As notícias que levantamos aponta para a existência de problemas com sua companheira. Inclusive ele se afastou dela e veio parar aqui, onde também encontramos uma barraca com cama improvisada e garrafas com água. Ele deve ter ficado algum tempo por aqui”, conclui. Informações:image

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: